SC registra aumento de 338% entre fevereiro e março de 2015

SC registra aumento de 338% entre fevereiro e março de 2015

Em apenas um mês, Santa Catarina registra um aumento de 338% de casos confirmados de dengue em 2015, segundo apontam os últimos dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE).

Segundo o diretor Eduardo Macário, o excesso de chuvas e o forte calor favorecem a proliferação do mosquito transmissor. O Estado concentra ações nas cidades infestadas.

— Isso representa uma situação que está ocorrendo em todo Brasil. Temos que ficar atentos e reforçar a prevenção para evitar uma epidemia — alerta o diretor da DIVE.

A situação no Estado é de alerta. Segundo boletim divulgado no mês passado, eram registrados 74 casos. Conforme dados apresentados nesta quarta-feira pela DIVE este número saltou para 324 casos confirmados.

No mês passado o boletim mapeava 1.130 focos do mosquito Aedes aegypti no estado, sendo que esse número quase dobrou chegando a 2.062 casos neste início de março. Itajaí é a cidade que concentra um maior número de casos com 276 registros.

A situação de Itajaí, que apresenta uma taxa de incidência alta e a transmissão está concentrada em determinado local, configura um surto da doença e medidas de eliminação de focos do mosquito transmissor devem ser intensificadas.

 

 

 

 

 

Matéria Diário Catarinense 04/03/2015

Dúvidas? Orçamentos?